Depois dos Quarenta: Moda

Moda





Conjuntinhos voltam às ruas em versões atualizadas para todas as ocasiões; saiba como usá-los e adiante a tendência




  Aproveite os conjuntinhos para criar looks totalmente estampados - incluindo os acessórios, que podem ser até da mesma estampa
(Nas fotos: Louis Vuitton, Balmain, Rag & Bone)



Combinar está na moda. As peças coordenadas, que por muito tempo ficaram encostadas nos guarda-roupas, voltaram à cena. Presente nas passarelas internacionais de verão, o modismo também se confirmou nos desfiles nacionais da próxima estação. Mais uma vez, provando que nada é para sempre na moda, nem mesmo as proibições. "Não tem definitivo. A qualquer momento, as coisas mais proibidas podem voltar”, afirma Gloria Kalil.
Diferentes da encarnção anterior, os conjuntinhos de 2013 voltam variados, em opções monocromáticas ou com estampas de impacto. O interessante é escolher peças de cores vivas ou estampas grandes que, quando combinadas, ganham o foco das atenções. As produções monocromáticas neutras também se destacam quando coordenadas da cabeça aos pés.



Para fugir da proposta datada, invista em conjuntos gritantes e complemente o look com acessórios da mesma cor ou de tonalidade ofuscantes. "Se quiser ser ainda mais ousada, use até com sapatos da mesma estampa”, sugere Gloria. Os conjuntinhos mais ousados, vale frisar, não são recomendados para o ambiente de trabalho formal.

Na hora de escolher um conjuntinho, preste atenção na modelagem. Prefira blazers acinturados e calças retas ou skinny. A flare só vale quando usada com uma blusa ou blazer ajustado. Quem gosta da moda chamativa pode também investir em conjuntinhos metalizados nas produções noturnas. Outra opção moderna: conjuntinhos de moletom, que agora aparecem com detalhes bordados ou estampas diferenciadas, reforçando a tendência do esportivo chique.

CUIDADO
Fuja dos tons pastel, pois eles dão um ar infantil nas produções. Também não são recomendadas as peças com estampas florais miúdas, que se assemelham ao pijama da vovó. Evite duas peças de silhuetas largas, porque a moda de pijama nas ruas ficou para 2012 (ou para dentro de casa). As modelagens mais amplas são permitidas quando coordenadas com shorts, ou no caso de peças com estampas vibrantes. Conjuntinhos com tecidos mais pesado, como tweed e jacquard, são clássicos e elegantes - mas envelhecem qualquer uma.



 
  O conjuntinho atual exige acessórios interessantes, estampados, como os de Anna Dello Russo (centro), ou os coloridos de Florence Welch (à esq.) e Helena Bordon (à dir.)


 
  A graça das peças coordenadas está na escolha da estampa. As maximalistas causam impacto quando combinadas, pois criam a ideia de uma peça única, como um macacão
(Nas fotos: Animale, Forum, Cavalera 




 


  A modelagem influencia diretamente na escolha da estampa. Peças mais soltas pedem por estampas mais vivas, enquanto as mais estruturadas necessitam de uma leveza, nas cores ou no desenho (Nas fotos: Osklen, Ellus, Animale)

 


  Uma boa modelagem é essencial, principalmente nos conjuntinhos estampados, que podem parecer pijamas. No caso de blusas amplas, escolha shorts ou calças retas e skinny. Conjuntos com calça flare devem ser cordenados com blusas ou blazers ajustados
(Nas fotos: Colcci, Versus, Prabal Gurung)


 
  Para marcar presença com um look monocromático, cordene peças de cores vibrantes e use acessórios do mesmo tom, ou ainda estampados
(Nas fotos: Forum, Vitorino Campos, Oskeln)


 
  Conjuntos monocromáticos neutros ficam mais interessantes quando usadas peças sobrepostas e acessórios da mesma cor
(Nas fotos: Cori, Ellus, Tufi Duek)


 
  Os metalizados montam produções modernas com um ar futurista. O brilho total, porém, deve se manter nas produções para noite
(Nas fotos: Juliana Jabour, Ellus, Marc Jacobs)



Comentários do facebook
2 Comentários do Blogger

2 comentários: